sábado, 30 de agosto de 2008

Notícias dos CTT

1 - PRÉMIO DE €50 para quem encontrar uma destas maquinetas que funcione
Fora de Serviço (em português e em inglês técnico)

Quiosque para navegação na Internet, cofinanciado pelo FEDER e pelo Plano Operacional para a Sociedade do Conhecimento
---oOo---
Foram criados 10 milhões de endereços de e-mail. Alguém é capaz de indicar meia-dúzia?
---oOo---




Dão esta resposta, pelo menos, as máquinas das estações da Av. de Roma e Av. João XXI quendo se lhes pede um selo para "livros": Se a correspondência pesa mais do que ZERO gramas... está tramado!

---oOo---
2 - PRÉMIO DE €50 para quem encontrar um quiosque de venda de selos que aceite cartões
Eram assim estes cartões... quando existiam!
O da esquerda, emitido pelos CTT, custava €5,49. Desapareceu.
o da direita podia ser dado, ou vendido - dependia dos bancos.

«Inserir o PMB ou o Cartão Netpost». Onde é que se adquirem? Alguém sabe?

A solução dos CTT: tapar a referência aos cartões...
---oOo---

Máquina de venda de selos na Estação da Av. de Roma: dias seguidos fora de serviço.
Av. EUA, à porta da estação do CTT. A empresa colocou uma autocolante a tapar a indicação do PMB; mas, além da fenda lá continuar (como sucede em todos...), o logótipo vê-se à transparência.
Avenida da Igreja, em Lisboa, Agosto de 2008
À porta da estação do CTT: pede-se a "quantia exacta" e "sugere-se" o uso do defunto PM-Multibanco!
---oOo---
Alguém sabe onde é que se vendem envelopes selados de correio normal para Portugal?
---oOo---
Lembram-se de um serviço pré-pago, que havia, e que permitia escrever cartas no computador e enviá-las pela internet? Eram impressas na estação mais próxima do destinatário e entregues rapidamente.
Foi assim que consegui contactar uma pessoa amiga em Castelo de Paiva, aquando da queda da ponte de Entre-os-Rios. O serviço acabou...
---oOo---
Envelopes almofadados, de correio normal para Portugal, formatos M e L, estão esgotados em várias estações "porque é Agosto". No fim do ano sucedeu o mesmo, "porque era Natal".
---oOo---
Alguém conhece alguma estação dos CTT onde se possa pagar com Visa ou MB?

3 comentários:

ledon_rito disse...

Eu sou dos CTT, conheço a evolução desses produtos, como pode verificar as mudanças tecnológicas e empresariais de alguns parceiros, acabaram por inviabilizar a continuidade dos produtos. Por exemplo a internet pré-paga já não faz sentido dada a proliferação de ciber cafés e serviços camarários de apoio ao munícipe. Quanto à escrita de uma carta por utilitário e sua materialização em carta perto do destino era de facto uma produto muito bom mas desconheço se acabou, porque para as grandes empresas continua como um serviço imprescindível. Quanto às máquinas de venda de selos posso dizer-lhe que as mesmas têm tido uma melhoria gradual no apoio e manutenção, por exemplo na rua João Saraiva perto da Av. da Igreja funciona.

Carlos Medina Ribeiro disse...

Muito grato pelo seu comentário.

O cartão Netpost não era só para Internet pré-paga nos quiosques.
Permitia comprar selos, e, apesar de terem acabado há anos, há máquinas que ainda os indicam...

Muitas das máquinas que não funcionam estão assim apenas por desleixo.
Passei, há menos de 15 minutos, na Estação dos CTT da Av. da Igreja e a máquina que está à porta continua a não dar trocos.

A da Av. de Roma, 9C, está fora de serviço há 1 semana, apesar de estar no interior da estação.
O funcionário junto de quem reclamei diz que «esteve de férias»!

O tal sistema de cartas acabou pouco depois de começar.
Era pré-pago, e ainda enviei algumas.
Custava 50 cêntimos cda carta, e funcionava bem.

O desaparecimento definitivo dos envelopes selados de correio normal-nacional é particularmente irritante.
Regredi vários anos: voltei a comprar envelopes na tabacaria e selos nos CTT - que às vezes até precisam de cuspo!!

Enviando eu 3 a 5 livros por semana, também desespero com o facto de os envelopes almofadados de correio normal esgotarem (ou porque é Natal, ou porque é Agosto).

Carlos Medina Ribeiro disse...

Sugestão:

Não sei se sabe que o ABRUPTO tem publicado muitas coisas acerca dos CTT, incluindo estas fotos que aqui estão.

Sugiro-lhe, pois, que envie um mail sobre o assunto para jppereira@gmail.com